sábado, 4 de abril de 2009

Mousse de damasco orgânica e sem açúcar




Normalmente não gosto muito das receitas dos livros vegetarianos convencionais, parece que por não estarem consumindo carne ou derivados animais (no caso dos veganos), fica um clima de "liberou geral" e há um excesso de margarina, farinha branca, açúcar e frituras, que é igualmente prejudicial à saúde e ao meio ambiente. Costumo aproveitar as ideias, que são sempre ótimas, e adaptar os ingredientes para farinha integral, melado (rapadura) e hortifruti frescos.





O livro de "Culinária Vegetariana com sabor da India" é bom e folheando, achei uma receita muito parecida com a tradicional mousse de maracujá em creme de leite, leite condensado e suco engarrafado, mas toda em damasco, que é rico em betacaroteno e ajuda a combater radicais livre e eliminar metais pesados.





É a mesma coisa: creme de leite orgânico (ou o creme de arroz caseiro) - eu só uso iogurte orgânico caseiro - e melado substituindo o leite condensado, para dar o ponto cremoso.
Mas no lugar da polpa de fruta, eles sugerem geleia de damasco caseira e sem açúcar.
Imagino que fique melhor ainda, a geleia de damasco caseira é um clássico "natureba", fácil de fazer e gostosa.
Minha mãe sempre fez a receita tradicional com açúcar, para rechear torta de nozes no Natal ou até para assar frango, eu adoro, mas faço a versão sem açúcar.


Assim:
1 copo de damasco seco
meio copo de água
Deixar de molho de véspera na geladeira e cozinhar por 15 min na panela de pressão.
Bater no liquidificador quando esfriar, ou deixar "pedaçuda" se preferir.
Não precisa de açúcar e pode ser feita com ameixa seca também - fica igualzinho à calda de manjar de coco.


Para quem está adotando panelas de pedra ou barro, faz-se da mesma forma, mantendo fogo baixo e panela semi-tampada. Fica ótima, mas pede uma pitadinha de sal para "puxar" a frutose e, claro, vai levar mais tempo.


Se você gosta de comida crua, entrou de cabeça no crudivorismo, a geleia também pode ser feita em versão crua. Assim:
Deixe de molho por 04hrs (na geladeira para não azedar)
Escorra e bata tudo no liquidificador.
Com tâmaras, figos, banana passa e ameixas fica ainda melhor



A imagem da geleia é google images, presente em centenas de sites. Aparecendo o autor, damos os créditos.



Mais geleias:

Cupuaçu
Frutas assadas
Goiabada cascão
Mousses de fruta sem açúcar
Mousses e pudins de chocolate
Pavê de iogurte com castanha do Pará
30 (e muitos) sorvetes caseiros orgânicos e sugar free

Chutneys de manga, abacaxi, mamão, maracujá com carambola, flores...
Geleias para adulto: pimenta, manga com pimenta rosa, gengibre, vinho quente, hortelã e capim limão

10 comentários:

sylribeiro disse...

olá! adoro seu blog, conheci no blog da sonia hirsch, e agora sigo seus posts sempre.
essa geleia parece divina, nao vai nem suco de limão ou de laranja?
e vc sabe quanto dura na geladeira?
obrigado, abraços

Carol Daemon disse...

Ola Silvia!
Estou pasma, pois havia lido sobre você e seu marido e pensado "2 heróis, um deles deve ser a reencarnação de Che Guevara e o outro de Ghandi".
Agora, te vejo aqui e ainda com blog para eu acompanhar feliz da vida. Seja muito bem vinda!

Olha, sobre a geléia, não leva nada mesmo, toda fruta seca vira geléia se deixada de molho e cozida depois na água. Não precisa adicionar limão para liberar pectina nem adoçar, pq o próprio processo de desidratação já deixa a fruta doce e borrachudinha, garantindo uma pasta mais doce do que o normal e naturalmente cremosa.
Ela não dura muito, não arriscaria mais do que 1 semana, 10 dias com muito boa vontade, mas pode ser congelada.

sylribeiro disse...

oi carol, creio que a pessoa que vc se refere nao sou eu, talvez vc tenha lido a materia no meu blog sobre os medicos da terra, se nao estou enganada, se for isso, tambem admiro eles de monte, e todos os trabalhos humanitarios que tanta gente boa faz! seja como for, espero fazer bastante geleia de damasco ou ameixa, juro, pesquiso tanto e nunca podia imaginar que seria tao simples fazer algo que gosto tanto, muito obrigado a voce por tanta coisa boa que vc coloca ai!
valeu!!

Carol Daemon disse...

Oi, desculpe se confundi.
Sim, a geléia de damasco e ameixa pode ser feita assim.
Para calda de ameixa (em manjar de coco), não precisa nem ser na panela de pressão, nem bater no liquidificador depois. Adicionar 1 cravinho tb a deixa muito gostosa.

Outras opcoes para geléia: tamara seca, figo seco, pera seca (juntar 1 pera fresca), abacaxi seco (juntar suco de abacaxi, ou da sua casca, no lugar da água). Pera seca com passas de uva, pera seca com figo seco, damasco com tamara - salpicar nozes ou castanhas por cima...

sylribeiro disse...

olá!
quero te contar aqui que fiz ontem a geleia de damasco, ficou divina, nem sei como agradecer sua receita, tao facil e tao saborosa.
nao uso panela de pressão, porisso cozinhei mais tempo, na panela com tampa e colocava algumas gotinhas de agua quando necessario. depois de bater no liquidificador resultou um creme de sabor especial, a fruta pura, sem aditivo, mais gostosa que a da saint dalfour, aquela que nao usa açucar.
a quantidade que fiz deve durar alguns dias, seguindo sua orientação. muito, mas muito obrigado de coração!
logo vou fazer a de ameixa.

Carol Daemon disse...

Oi, q bom q gostou!
Vá em frente, tente com outras frutas, junte frutas frescas de outros sabores - sempre fica gostoso.
Essa "geléia" dourada, combina muito com o panetone integral de banana, que tb é muito fácil.
Abs

Anônimo disse...

olá a vocês, sou nova no pedaço...através do site da Sonia Hisch cheguei aqui e estou desde ontem, sempre q posso, me inteirando de tudo de bom q vcs colocam...Falaram em manjar de coco e da calda de ameixa p/ acompanhá-lo. Hummm, há qto tempo não como um ...podem postar alguma receita bem legal. E essa calda, tem algo de especial nela?
bj
Lucimara

Carol Daemon disse...

Oi Lucimara, seja bem vinda.
A calda de ameixa nada mais é do que a geléia de ameixa antes de ficar pronta, quando a fruta ainda nao dissolveu.
Voce faz assim:
1 copo de ameixa seca
meio copo de água
1 cravo da india
Deixar de molho de véspera na geladeira e cozinhar por 15 min na panela destampada.

Já fiz sem deixar de molho de véspera e deu certo, mas levou mais tempo no fogo.

Sobre o manjar, nunca fiz, mas encontrei uma receita e te sugiro como adaptar.
"receita tradicional de manjar:
1 litro de leite
1 vidro pequeno de leite de coco
100 g coco ralado seco sem açúcar
6 colheres (sopa) amido de milho
8 colheres (sopa) açúcar
Coloque o leite, o açúcar, o leite de coco, o coco ralado em uma panela, misture bem, leve ao fogo e junte o amido de milho dissolvido em um copo de leite
Mexa sempre até engrossar, aguarde mais um minuto e despeje em uma forma decorada untada com oleo ou simplesmente molhada
Deixe esfriar e leve a geladeira por 2 horas."

Adaptação minha para substituir o que não te acrescenta nada:
Vc faz o mesmo que eu fiz na receita da tapioca ( disponível aqui em "receitas") e te garanto que vai dar certo.
Troque o leite comum por leite de coco (na receita da tapioca ensina inclusive como fazer leite de coco caseiro) e troque o açúcar por rapadura ou melado de cana.
Se vc tiver uma araruta em casa, pode trocar o amido de milho (maisena) por araruta que tb vai dar certo e é melhor para saúde.

Fernanda disse...

Ola Carol!

Olha, sempre tenho dificuldade com receitas de panelas de pressão... o problema é que normalmente não se diz a quantidade de agua e sempre queima um pouquinho... na verdade, eu evito colocar agua demais pra deixar o alimento bem concentrado, mas esta sempre acontecendo isso, de queimar... você saberia me dizer como proceder para evitar isso?
Obrigada!

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Eu tb tinha esse problema... Faz uma coisa, assim que começar a "cheirar", vc apaga o fogo e deixa a pressão extinguir por conta própria.
Abra a panela e observe. Se ainda não estiver no ponto, cronometre. "Levou 15 minutos de pressão, mais 5 de esfriamento". E então volte ao fogo com pressão por digamos mais 5 minutos. Daí, vc apaga o fogo e acaba com a pressão na marra, enfiando a panela debaixo da torneira. Abre e observa.
Chegou no ponto que vc queria?
Maravilha, já sabe então que são 20 minutos de pressão mais o tempo de esfriamento natural.
Caso contrário volte à pressão no fogo. Cronometre sempre para te dar o controle do processo.
Eu só cozinho no olho, é uma praga, mas me guio sempre pelo meu nariz. As vezes dá certo, as vezes não.
Vc pode ser mais técnica e cartesiana, não tem nada de errado nisso, muito pelo contrário.
E nada impede que um dia a receita demore mais ou menos tempo. Depende de um monte de fatores, força do gás, temperatura externa, qualidade dos damascos, etc.